segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

DIVA: GAL COSTA







AOS 66 ANOS, A DONA DA MAIS BELA VOZ DO BRASIL(E, QUIÇÁ, DO MUNDO -NA MINHA OPINIÃO), VOLTA A USÁ-LA NUM EMBATE TECNOLÓGICO. SE EM 1979 SUA VOZ CRISTALINA DUELAVA COM OS AGUDOS DA GUITARRA DO ROBERTINHO DO RECIFE -NA EMBLEMÁTICA GRAVAÇÃO DE 'MEU NOME É GAL', MÚSICA DE ROBERTO E ERASMO-, AGORA ELA DUELA COM OS PROGRAMAS DE COMPUTADOR.

HÁ SEIS ANOS SEM LANÇAR UM DISCO DE INÉDITAS (O ÚLTIMO FOI 'HOJE', DE 2005) E HÁ TEMPOS LONGE DOS PALCOS, ELA ESTÁ DE VOLTA À ATIVA COM O REJUVENESCEDOR 'RECANTO'. O DISCO RETOMA UMA PARCERIA ANTIGA -CAETANO VELOSO O IDEALIZOU E COMPÔS ESPECIALMENTE PARA ELA- E TRAZ A VOZ INCONFUDÍVEL DE GAL EMOLDURADA EM BATIDAS ELETRÔNICAS. MAIS UMA VEZ A BAIANA MARIA DA GRAÇA COSTA PENNA OUSA E SURPREENDE -ALGO USUAL EM SUA BELA TRAJETÓRIA MUSICAL: FASES BOSSANOVISTA, ROQUEIRA, AXÉ, CARNAVALESCA ...OUSADIAS DE ESTILO QUE NÃO A FIZERAM PERDER A IDENTIDADE. AGORA É ESPERAR PELOS SHOWS ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário