segunda-feira, 26 de junho de 2017

ASTRO PREVIEW: MARCO PIGOSSI | COM UM CAMINHONEIRO DESSES QUEM DESCERIA DA BOLÉIA?

STAR PREVIEW: MARCO PIGOSSI | WITH SUCH A HOT TRUCKER ANY ROAD IS PARADISE
LINDO E TALENTOSO, MARCO PIGOSSI É UM ATOR APAIXONADO POR DETALHES. "ÀS VEZES, TOPO FAZER UMA NOVELA INTEIRA SÓ PELA CHANCE DE FAZER SÓ UMA CENA", REVELA ELE, UM DOS ASTROS DA ATUAL NOVELA DAS 9, "A FORÇA DO QUERER", DE GLÓRIA PEREZ.
PIGOSSI, DE 28 ANOS, INTERPRETA ZECA, UM CAMINHONEIRO QUE É, À PRIMEIRA VISTA, UM MACHISTA INVETERADO QUE SE ENVOLVE COM A POLICIAL JEIZA (PAOLLA OLIVEIRA) E RITINHA (ISIS VALVERDE), SUA ANTIGA PAIXÃO. BARBUDO, DONO DE HIPNOTIZANTES OLHOS VERDES E DE UM SORRISO MATADOR, O CARA EXALA SEXUALIDADE. COM UM CAMINHONEIRO DESSES, QUEM DESCERIA DA BOLÉIA?
UM DOS MELHORES ATORES DE SUA GERAÇÃO, PIGOSSI JÁ OSTENTA DEZ NOVELAS E MUITAS PARTICIPAÇÕES MARCANTES NO TEATRO E NO CINEMA. "SEMPRE QUERO ME REINVENTAR, ESPECIALMENTE FORA DA TV", ATESTA O GATO. NO SEGUNDO SEMESTRE ELE SERÁ VISTO EM DOIS FILMES, "A ÚLTIMA CHANCE" E "O NOME DA MORTE".
NO PRIMEIRO, VIVE UM PROTAGONISTA INSPIRADO EM UMA HISTÓRIA REAL. FÁBIO LEÃO, HOMEM QUE COLECIONOU UMA SÉRIE DE PASSAGENS PELA POLÍCIA DESDE A INFÂNCIA - SEJA POR PEQUENOS FURTOS OU CLONAGEM DE CARROS ATÉ TRÁFICO DE DROGAS. AO SER PRESO EM 2007, TORNOU-SE EVANGÉLICO E ADMIRADOR DAS ARTES MARCIAIS, ABANDONANDO A VIDA NO CRIME E PASSANDO A DAR AULAS DE LUTAS PARA OS OUTROS DETENTOS. "NÃO É UM FILME SOBRE LUTAS, MAS SOBRE A SUPERAÇÃO DE UM HOMEM", ESCLARECE O ATOR, QUE TREINOU MUAY THAI DURANTE 50 DIAS PARA FAZER O PERSONAGEM. O FILME É DIRIGIDO POR PAULO THIAGO.
EM "O NOME DA MORTE", FILME DE HENRIQUE GOLDMAN, ELE NOVAMENTE INTERPRETA UM PERSONAGEM REAL: JÚLIO SANTANA, UM CRISTÃO DEVOTO, CARIDOSO, EXEMPLAR COMO FILHO E PAI DE FAMÍLIA QUE, PARA SOBREVIVER NO CRUEL MEIO QUE O CERCA, ATUA COMO PISTOLEIRO RESPONSÁVEL POR 492 ASSASSINATOS EM 35 ANOS.
"JÚLIO É UM DESAFIO, POIS FOGE DE TUDO QUE FIZ. ESSA CONVIVÊNCIA COM A MORTE É UM CONVITE PARA O ESTEREÓTIPO E FOI JUSTAMENTE FUGIR DESSA ARMADILHA A MINHA DECISÃO. BUSQUEI MOSTRAR QUE EXISTE UM COMPLEXO LADO HUMANO EM UM MATADOR, QUE TEM MEDO DE IR PARA O INFERNO POR CAUSA DE SEUS PECADOS", OBSERVA PIGOSSI.
NOS PLANOS FUTUROS, A VONTADE DE MONTAR "SEIS PERSONAGENS À PROCURA DE UM AUTOR", DE PIRANDELLO E PARTICIPAR DE UMA MONTAGEM DO CLÁSSICO "A MORTE DO CAIXEIRO VIAJANTE", DE ARTUR MILLER. " A LISTA AUMENTA COM MEU FASCÍNIO POR UMA VERSÃO DE "SHAKESPEARE APAIXONADO", DE TOM STOPPARD, QUE VI EM LONDRES. GOSTARIA DE MONTAR AQUI", DIZ O ATOR, COM OS VERDES OLHOS A BRILHAREM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário